quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Estou inacreditavelmente boquiaberta com o que noto ao meu redor. Tanta idéia errada, tanta cabeça pequena, tanto pensamento negativo, tanta pressão, tanta aparência, tanto orgulho, tanta burrice, me cansa! Eu sei bem, que hoje não é o dia em que eu deveria me dar o trabalho de escrever palavras sobre falhas alheias, não é dia de julgar, nem de protestar, hoje, é dia de tentar dormir em paz, de tentar não pensar em problemas, em porém's, em calamidades... Mas confesso que estou prestes a apostar que esses termos se sentem atraídos pelo meu ser, porque se penduram no meu tornozelo e não largam! Principalmente em tempos de festa... Ah, eles adoram! Adoram me cutucar e dizer "Escuta aqui! Sem tréguas minha amiga, hoje também é dia de matutar sobre a maldade alheia!"
E lá vou eu nessa onda de orgia venenosa que eu vejo muita gente se esbaldar sem perceber. Lá vou eu, mais uma vez, perder meu tempo pra tentar abrir os olhos das pessoas, para que não sejam mais uma no meio de tanta gente ruim. Mas, fazer o que? Perda de tempo ou não, sou humana! Humana de verdade, dos que ainda se importa com os outros, e que ainda quer o bem daqueles que nem olhar na minha cara, se dão ao luxo. Eu, apenas posso sentir muito por esses! Sentir muito por serem tão cegos, por serem tão egoístas, por serem tão insensatos... E eu juro, juro mesmo, que sinto muito de coração! Porque vejo muita gente de bem se perder no meio de erros dos outros. Vejo muita inteligência jogada fora, por fecharem os olhos para o que não lhes convém. Ou que na verdade, convém, só não estão aptos para enxergar isso ainda. Pois então, já que estamos aqui, vamos direta e extensamente ao ponto, como a contradição que me encontro nos últimos tempos.
E justo agora, as idéias me fogem. Acho que do outro lado dos problemas, Deus está me cutucando e dizendo "Filha, hoje não é dia para isso... Nem hoje, nem nunca na verdade! Vamos respirar fundo, e deixar essa raiva, essa inconformação ir embora. Amanhã, dê um grande abraço em seus pais, e deseje a eles tudo de bom! Abrace seus entes queridos, apenas aqueles que te fazem bem, e reze para que eles não sigam o caminho dessas pessoas ruins, dessas pessoas carregadas de maus fluidos. E já que é para alertar as pessoas, faça sim a sua parte, mas de coração aberto, pronta pra trazer pra fora o melhor de si, da sua alma... Deite na cama e agradeça pela vida! Amanhã, é um novo e lindo dia que te radiara de corpo e alma! Respire fundo, e fique em paz..."

E eu até perdi meu rumo, e os maus pensamentos foram embora, mas eu prometo, que depois que essa onda frenética de confusão passar, vou respirar fundo e retomar esse texto, afinal, as lições de vida são sempre bem vindas a quem se der o trabalho de tomá-las para si...
Se não lhes fizerem bem, minhas meras palavras, simplesmente delete-as, e leve as minhas desculpas, mas é impossível agradar a todos.

Feliz 2010!

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O que a saudade não faz com boas e velhas amigas?




Vem cá nega, me dá um abraço
Corre de volta pra nossa terra
rapidinho, dentro da sua cabeça
e me da um abraço daqueles de perder o rumo!

Curte o sol, a família, da um abraço na vida por mim...
Que eu aqui de longe, mando um beijo no seu coração
e conto os dias pra você voltar
e como nos velhos tempos, cantarmos na frente dos espelho
com a escova de cabelo
vendo a tarde toda passar...
E ela se esvai, e eu não me importo
porque no dia seguinte, você está lá pra me ouvir chorar
e resmungar dos problemas que eu mesma inventei
que são só um pretexto
pra ouvir mais alguns daqueles incríveis conselhos
que ao invés de experiências, como sabemos ambas,
são chutes.
Certeiros, por acaso.

Então fica por aí, brinda pelo ano novo
que eu aqui da multidão de gente metropolitana
vou gritar seu nome quando der a meia noite
pra gente comemorar junto, um novo Carpe Diem a se viver...
E essa nova estrada de mesmice, que juntas vamos aprender a lhe dar
É, ou não é?

Um feliz Ano Novo, e um abraço apertado, da sua amiga que quer tanto seu bem
e você sabe quem é...

Saudade!

O Novo Ano

Nos últimos dias, ando muito inspirada. Às vezes as idéias me atropelam e fogem de mim antes que eu possa torná-las palavras concretas, e por mais que eu lhes persiga, são poucas as que me restam, mas são nessas que me apego, e paciência. Entretanto, voltando ao foco... Ando muito inspirada nesse tempo, nesse tempo hoje, ontem e ainda mais amanhã! Quanto mais perto daquele dia em que todos comemoram sem saber ao certo por que, mais idéias e esperanças batem na minha porta, ou entram pela janela como a brisa. Acredito eu, que seja esse devastador espírito de ano novo!
Toda essa fé que quase o mundo todo deposita em um dia, um dia que poderia ser tão comum quantos os outros, mas que possui uma carga sobrenatural depositada em suas costas por mais da metade da população mundial, que aproveita pra acreditar num amanhã, que lhes faltou durante um ano. O nosso feriado de Ano Novo, é um pretexto para reerguer promessas não cumpridas, é uma desculpa pra acreditar que nesse novo ano, tudo vai acontecer diferente. E eu nem me atrevo a criticar, pois faço parte dessa enorme montanha de gente que acredita que neste dia, pó de pirlimpimpim vai escorregar do céu e se espalhar por todo o nosso planeta, derrubando intensas porções de milagre por todos nós, enquanto comemos um belo e gordo bicho assado e bebemos muita cerveja. Tolos, todos nós.
O ano novo, é sim um período onde há uma brecha da rigidez cotidiana que permite mudanças. Mas não mudanças que vão cair do céu, e sim, mudanças que estão a nossa espera, que estão na nossa frente aguardando arregaçarmos as mangas. Mudanças que acontecem, a partir do momento que tomamos vergonha na cara e passamos a acreditar em nós mesmos. E esse dia, poderia na verdade, ser qualquer outro desse longo ano de pressa que a maioria de nós vive, bastaria tomarmos coragem pra fazer a diferença.
Mas afinal, já que é pra brincarmos de acreditar que a magia está no ar, use e abuse das superstições, porque é saudável e eu garanto! Ao menos gostosas risadas, com certeza enfeitarão sua virada. No ano passado, pulei sete ondas, me vesti toda de branco e usei uma calçinha colorida porque sou ambiciosa! Deu certo... Tive muita saúde, muita felicidade, amor e paixão de sobra, a esperança não me faltou, e o dinheiro pois comida na mesa. Então, amém! Nesse ano, vou acender uma vela azul harmoniosa, deixar queimar um incenso e trancar a porta de casa comigo pra fora. Vou ver fogos de longe, sonhar com a água batendo nas canelas, fantasiar as flores nos braços de Iemanjá, abraçar os amigos e dormir nos braços do amor da minha vida, que a calçinha colorida me trouxe! E talvez eu plante uma árvore, bem verde, pra não faltar fé nem esperança pra esse mundo de gente perdida...
E assim, além de um feliz ano novo, vergonha na cara pra todo mundo, que mesmo tardando um ano, tem agora escancarado um dia pra fazer o que adiou todo esse tempo!
Um bom dia de fazer diferente, primeiramente...

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Sonhos

Sonhos. Ninguém sabe ao certo onde ficam, nem pra que servem, nem aonde vão parar. Eles voam, correm, caminham, rastejam ou simplesmente, são apenas sonhos. São as metafóricas asas que Deus atribui a cada um de nós, para que possamos nos descobrir a cada dia. Descobrir até aonde somos capazes de ir. Descobrir que muitas vezes, os limites não existem, são apenas uma armadilha fictícia pra impedir que os covardes continuem, e vivam, e resistam, e persistam! E enquanto cada um de nós atravessa o arco-íris atrás da sua utopia, eu permaneço aqui, quase que imóvel, me perguntando...Meus sonhos são desde apenas sonhos, a objetivos. São humildes, modestos, acanhados, entretanto duradouros. Outrora, altos, tão altos, que passam pela minha cabeça como num flash, ora mais, ora menos. E se vão. Porque eu agarro os modestos, os próximos, os seguintes, os alcançáveis. Um erro... Ou, talvez não. Meus sonhos são grandiosos, e ao mesmo tempo camuflam todo seu tamanho no meu cotidiano que por vezes me mantêm de mãos atadas. Ou pelo menos, até eu descobrir que aqueles tais limites, não existem pra mim.
Então eu me questiono, porque sinceramente, eu nem sei na verdade, que sonhos são esses. Se não sei onde estão, nem pra que servem, nem como se desenrolam ou se embaraçam, por que motivo saberia quais são eles? Por que deitar na cama antes de descansar nos braços de Morfeu, e imaginar mil coisas que não aconteceram, que podem acontecer ou que poderiam ater acontecido? Pra que imaginar, e sonhar com o " E se..." que pode vir, ou não? Resta a dúvida. Eu apenas sei, que mesmo não fazendo idéia de quão papável é um sonho, é essa coisinha inclassificável que me faz acordar pela manhã, abrir a janela e acreditar em mim! É o que me faz levantar da cama, e depois retornar a ela, esperando ansiosamente pelo dia de amanhã, que é quando esse bem-dito sonho, se tornará cada vez mais próximo, e é quando a vida vai me ensinar a correr atrás do que quero.
Eu posso não saber o que são sonhos, mas os objetivos, eu bem conheço, então
Sonhos, não são nada além de objetivos, pra quem tem garra e força de vontade pra chegar aonde quer! São poucos, mais no mundo ainda restam pessoas verdadeiramente sonhadoras... Em alguns lugares, como na minha cabeça, são popularmente conhecidas como BATALHADORAS... E fim.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Já é quase Natal, e eu estou exausta. Quase Natal, e minha cabeça a milhão com uma infinidade de coisas paralelas a qualquer tipo de comemoração desse período. Eu ando com pressa, muita informação e pouca cabeça, muita ocupação e pouco tempo. Vejo as pessoas alucinadas pelo centro atrás de presentes sem o menor valor comemorativo, torrando seus centavos pela obrigação de reunir a família para comer e ver as crianças felizes com presentes que andam e falam. Coisas que não acarretam frutos positivos à nenhum deles, mas a tradição fala sempre mais alto e faz com que todos, mesmo de saco cheio, se reúnam pra fingir que está tudo bem. O Natal, hoje, pelo menos na minha visão particular, é uma desculpa para cobranças. E isso me enoja. É uma desculpa pra reunir tudo que em um ano esteve separado. É uma tentativa de apagar as desavenças que permaneceram sem solução pela falta de coragem e de amor entre as pessoas à tempo de iniciar um ano livre de ressentimentos. É uma busca insana pela paz milagrosa, onde se deposita tal fé numa data especial. Morte para o Natal! É esse o resultado. Todos esses fatores me cansam. Ver a todo o momento pessoas preocupadas em agradar quem pouco lhes agrada, preocupada em se sobre-sair perante os outros, enquanto há crianças passando fome sem um teto pra morar espalhadas por todos os cantos. Revoltante. O Natal virou o símbolo de comércio; conta-se nos dedos as crianças que atribuem a verdadeira importância ao significado natalino. Tão vazio, que até minhas tentativas de melhorar o Natal das crianças carentes falharam.
É quase Natal e dentro daquilo que chamo de lar, não há luzes coloridas piscando, nem um pinheiro de plástico com bolinhas vermelhas, nem presentes embrulhados nos pacotes, nem espírito de Natal. Apenas a exaustão de dias de trabalho, de dias madrugados, de caminhadas no sol suando pra resolver problemas, de coisas dando errado, de falta de tempo, e uma solitária guirlanda na porta, pra não nos faltar comida, e pra fingir para os vizinhos que passarem por esse andar, que essa é uma família que transborda espírito natalino. Bobagem. É quase Natal, e ao mesmo tempo, praticamente um dia comum. Dormi nos braços do meu marido, tomei uma xícara de café preto pela manhã, e um banho pra começar o dia. Já usufrui da minha cota de reflexão e pequenas mentiras de todos os dias, já enchi a barriga de comida e me ajeitei pra dar um cochilo enquanto a obrigação natalina não vem. Desprezívelmente comum, confesso. Não há mais no que acreditar, se vejo todos tornarem esse dia tão banal devido as atitudes indiferentes. Não há presépio, nem panetone, nem nozes em cima da cômoda. Só uma vontade reprimida de mergulhar de cabeça nessa chuva que está pronta pra alagar tudo por aqui, como um grande aviso dos céus: "NÃO SAIAM! É NATAL! Nada de cerveja no copo de vidro nem porções de bacon pra acompanhar, hoje é dia de vinho na taça, de comida de classe e de observar ansioso o relógio.” Porque, por acaso, hoje é dia de Jesus. Que essa noite, seja uma noite de amor para todos vocês. E se assim não se suceder, prefiram uma cama confortável e um som bem alto, do que uma montanha de hipocrisia liberada por uma porção de gente que insiste em tornar seu Natal um verdadeiro inferno. Vá até o mercado, compre uma boa cachaça e uns salgadinhos empacotados, deseje um feliz natal ao caixa que está ali te servindo apenas pelo dinheiro extra, e a si mesmo olhando no espelho após belas e gordas doses. Fique louco, grite e perca o controle, mas não colabore para mais um dia de arrogância e de consumo que a mídia te expõe. Compre uma pizza, um bolo e uma vela, e cante parabéns pra Jesus com o seu porteiro, que muitas vezes é daquelas humildes famílias que comemoram o Natal no seu verdadeiro espírito, e que precisa deixar sua filha em casa esperando um Papai-Noel que só vem depois do expediente. Dê um panetone bem farto ao pobre lixeiro que vai por a mão no resto de peru com calda doce daquelas famílias fingidas, louco pra saborear um delicioso frango assado com batata ao lado de sua linda esposa. Plante uma flor. Daquelas avermelhas das quais me esqueci o nome, que enfeitavam meu Natal quando criança. Assista, mais uma vez, Roberto Carlos cantar na globo, chorando e comendo uma caixa de bombons recheados que você suou pra comprar na ponta de estoque da Kopenhagen na véspera de Natal, mas fique longe dessa falsidade que a sociedade impõe. Contribua pra que o amor floresça, e plante um pouco de essência de paz nesse dia especial, do jeito que a mamãe te ensinou, quando o Natal ainda era o dia em que os anjos desciam a Terra pra iluminar o nascimento de Cristo.
E por fim, parabéns pra Jesus, e para todos aqueles que de coração, sentem falta da família reunida por amor, e da magia que o Natal, que pelo menos pra mim, já existiu e já enfeitou a cidade, não com pedaços de vidros florescentes e Papai-Noel mecânico, mas sim, com muita paz, alegria e vontade de viver!

Feliz Natal...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Dicas do dia

Poupe as suas energias.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Totoro (となりのトトロ)






O melhor filme infantil de todos os tempos.
Pais!
Preguem o amor a doçura em seus filhos, eles são a possibilidade de um futuro melhor. A maioria das pessoas, maduras e responsáveis, estão cansadas dessa "ladainha" clássica onde os outros tentam lhes ensinar como educar seus próprios filhos, mas a maioria dessas pessoas também não dão a devida importância pro período da infância. É na infância, que a mente se encontra mais flexível e aberta para o aprendizado e a assimilação das coisas, é na infância, que subliminarmente as crianças aprendem suas maiores lições de vida e marcam seus mais fortes traços de caráter. Plantem em seus filhos, em seus netos, em seus sobrinhos ou irmãos mais novos, todo o amor que falta pra essa porção de gente sem coração que propaga maldade e negatividade. Os ensine o significado da PAZ, da honestidade, mostre-os o caminho do bem. Apesar de muita gente, jogar o nosso mundo no lixo, eu ainda acredito que nada se está perdido por completo, enquanto ainda existirem pessoas dispostas a lutar.
"É só uma história infantil"... De fato. Mas são a partir dessas pequenas coisas, que se tomam as maiores atitudes, e se ainda resta uma pequena porção de calor humano em vossos espíritos, que reine o sentimento mútuo de igualdade, por uma vida melhor.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Um sonho...



Na verdade, um objetivo

A preguiça de escrever







Martha Medeiros, Doidas e Santas
"Mãos dadas no cinema"

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

meus dizeres: 04/06/2009

Estou bem. Adoro ver as coisas finalmente darem certo e estar com a consciência livre de qualquer arrependimento. A vida ensina, e cabe ao ser humano desdobrar-se e adaptar-se as regras que por ela são impostas. E a gente quebra a cara diversas vezes, até entendermos tal lição. Concordo indubitavelmente que quem faz nossa história somos nós!... Mas se faz necessário esclarecer que não tomamos decisão pelos outros e nem profetizamos o futuro (e como demorei pra entender isso...). Porém, cabe a nós cumprir a nossa parte com louvor e de cabeça erguida independente das muitas e boas a se enfrentar.
Minha parte eu considero feita, ponto.

meus dizeres: 14/05/2009

Destino curioso... Novamente, eu e minha mania inútil de tentar prevê-lo e pra variar, sem sucesso. Nem sempre se chega a felicidade pelo caminho mais curto, ou mais óbvio, muitas vezes o destino te surpreende e faz as coisas acontecerem de um modo completamente diferente, e por ironia do acaso, você nao pode fazer absolutamente nada! É tudo uma questão de tempo e de deixar acontecer, o que no caso, para mim, se faz quase que impossível. Outro vício que predomina, controladora compulsiva eu me designaria. Me falta paciência... Já que não posso fazer as coisas do meu jeito, que eu aprenda a lidar com elas no tempo e espaço imposto pela vida... E que Jah me ajude, porque nao vai ser fácil...

meus dizeres: 12/05/2009

Eu dou as cartas, e você faz suas escolhas! Mas cuidado com os caminhos que decidir seguir, muitos deles levam ao arrependimento e não tem volta. Certas oportunidades são únicas na vida, é capaz que hoje você nao perceba, mas a vida vai te mostrar aos poucos, que o maior erro é julgar-se superior. A vida me ensinou esta lição, e não mais rasteiras inesperadas aturarei por ingenuidade. As coisas mudam... O mundo da voltas, então cuidado com o que desejares, ou fazes por merecer.

meus dizeres: 07/04/2009

Passar-me a perna meu querido, ha! Não mais há tempos. Predomínio da esperteza da leoa atrás da presa, da lebre astuta em sua fuga, ligeira, rasteira. Enquanto vais, ja fui e retornei interrogando-me a qual caminho devo deixar meus novos e cada vez mais sábios rastros de mulher. Não completa, em formação, mas mulher o suficiente pra mutilar apenas com palavras quem tentar passar-me a perna. A vida ensina meu irmão, nem sempre se aprende. Mas insista, resista e vença. É meu dilema.

meus dizeres: 15/04/2009

Estranho, como basta um único acontecimento para que se suceda uma cadeia de verdades ocultas perante a máscara de calmaria e paz do cotidiano... Tudo o que você nunca imaginaria, de repente cai escancarado sobre o rosto, e vemos com os olhos cegos de aprendiz da vida o que outros esconderam com admirável facilidade perante as circunstâncias. E nada de novos fatos ou de verdades improvisadas, todos verídicos e antigos, que foram socados garganta a dentro ao se ver o dano que uma única verdade pode causar. Enquanto isso a gente olha de longe, aos poucos as verdades se escancaram e ai veremos como é complicado e praticamente impossível a tranquilidade enquanto há apenas verdades contra verdades, seu 'eu' sem nenhuma máscara contra o 'eu' daquele que pensava ser quem não era e te via como não fora. Precário..

meus dizeres: 29/03/2009

Abriga-me Jah, apenas esta noite. Me acolha em teus braços, enxugue todos aqueles sumos que escorrerem pelos meus olhos enquanto meu coração se auto-mutila, e escuta-me queixar sobre a insanidade humana. Não há mais sentimento entre a carne o osso. O respeito há tempos não se da ao luxo de dar caras, isso é, se um dia já esteve por aqui. É o tipo de coisa, de que só se ouve falar. O amor sincero, é uma delas. Nem irmãos, nem amantes, a frieza do homem me corrói. Então me acolha Jah, livra-me nem que por instantes da nostalgia corrosiva que destrói aos puros de alma, aos poucos que ainda sabem o que é dignidade, me livre da realidade. Apenas esta noite, pra que eu durma o sono dos justos que há tempos não se faz. Apenas esta noite Jah, me deixe sonhar desimpedida dos problemas que são frutos do que eu mesma plantei. Me deixe, nem que por um segundo, me livrar do peso dos erros, das escolhas.


Querido enemigo, dejame en paz...

meus dizeres: 20/02/2009

de vez em quando a gente para pra pensar, e vê como algumas coisas estão erradas. vemos que talvez, essas coisas devessem acontecer de outro modo, mas geralmente nao podemos fazer nada pra que assim se suceda. ou na verdade, podemos. mas somos incapazes enquanto estivermos escondidos atrás da precariedade dos nossos próprios medos. e acabamos deixando que o orgulho e o medo de nos ferir fale mais alto e permitindo que floreça o "deixa rolar". arrependimento. é o resultado da falta de caráter e coragem pra tomar decisões sem medo de arriscar. mas isso faz parte da vida, e a gente vai levando até tomar vergonha na cara e se impor... é assim que funciona, com os meros seres humanos, fracos.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Cultura. Alguém por favor, se possível, me explique... O que é cultura? Jamais encontrei definições demasiadamente específicas pra esclarecer esse termo. "Conjunto de costumes que caracterizam um povo"... Quais costumes? E aqueles que nos tiram? E aqueles que nos impõem? Incluem-se? E como, se dentro de uma só cultura encontramos várias sub-culturas, a minha cultura se distingue de um outro pequeno povo isolado do outro lado do mundo? Não consigo encontrar resposta alguma pra questionamentos a tal respeito.
No caso do Brasil, precisamos pensar em duas hipóteses e decidir a qual se aderir... Primeira: o Brasil, possui culturas, porque reúne essa cultura individual de inúmeros povos. Segunda: o Brasil, não possui cultura alguma! E é essa que procuro aderir para refletir nesse momento. Praticamente toda a ação do brasileiro é herança de uma outra sociedade. O que você faz, o que você come, bebe, pratica, trabalha, tudo! Talvez por isso o povo brasileiro em geral, seja uma raça tão perdida! Não há, entre nós, uma origem. Uma origem como os europeus, como os africanos, os japoneses. Os poucos índios que nos restam, são alvos de crítica e desprezo, mas eu os admiro. O Brasil é de todo mundo, e ao mesmo tempo não é de ninguém.
Me explique agora, qual é a tua cultura? No que você acredita, no que você come e o que você aderiu para o seu cotidiano? Da onde vem? Quase que ninguém, possui uma resposta coerente pra essa pergunta. Eu mesma, me incluo nesse número de brasileiros perdidos no meio da variedade. E quanto mais creio em algo, encontro semelhanças que me levam a uma nova resposta, e consequentemente um novo "por quê". Hoje, assistindo uma entrevista com um dos maiores gênios tal qual me deparei, Credo Mtwa, me impressionei muito com o esplendor da cultura Africana. Para muitas perguntas que a religião e a cultura da maioria (que me inclui) não souberam responder, encontrei explicação. As pessoas precisam abrir seus horizontes. A cultura desse homem, me trouxe explicação pras indagações de nós brancos, do outro lado do mundo, questões que (quase) nada explicam. Pra tudo existe uma resposta, mas a visão rotulada do homem o limita a adquirir conhecimento. Abram seus olhos essa noite, para aquilo que vai além do óbvio. E se o Brasil não oferece restritamente uma cultura, estabeleça a si mesmo, a sua! É apenas uma questão de acreditar... A reflexão e a troca de informações podem dar asas imensuráveis aos homens...
A quem possa interessar: http://www.youtube.com/watch?v=eKDB472_nDU&feature=related

domingo, 13 de dezembro de 2009

12/12/2009


Hoje, é o nosso sexto dia! Pela sexta vez, é dia de agradecer a Deus por ter encontrado o homem da minha vida. De agradecer, por ter tido a oportunidade de aprender o que é o amor, e de crescer com ele. E assim, como toda hora é hora, dessa madrugada eu tomei uma parcela de tempo pra que no calor da hora, dissesse o que esta vindo do meu coração.
Seis meses. E parece que foi ontem que nos conhecemos, assim como parece que foi agora pouco, que tivemos a nossa primeira noite maravilhosa. Eu penso em tudo que poderia ter sido, se eu ou você não tivéssemos escolhido nos encontrarmos naquela noite. Eu penso onde estaria agora, se você não tivesse atravessado meu caminho, me lascado um beijo e me feito querer mais. Ainda não encontrei a resposta pra essa pergunta, justamente porque hoje eu sei que não seria absolutamente nada sem você, e que não trocaria nossa realidade por nada no mundo. Descobrir você, foi como me descobrir. Foi como descobrir a felicidade e o amor, foi como a chave que abria as portas para os sentimentos bons dentro de mim, e começou a me mostrar o sentido da vida.
Você conseguiu me conquistar, a cada passo que dava. Parecia que mesmo mal nos conhecendo você sabia exatamente como fazer com que eu me apaixonasse perdidamente. Você me surpreendia, e corria atrás de mim de uma forma, que me fazia querer ir atrás de você. Cada palavra que você me dizia, tocava assim como ainda toca o fundo do meu coração, ao ponto dos meus olhos inundarem de lágrimas como estão agora, e você nem perceber. Você não tem noção do quanto as suas palavras, seus beijos, seus carinhos, me tocam por dentro. São demonstrações de amor e de afeto que nunca homem nenhum soube me dar. Até seu jeito de me olhar, acaba comigo. O seu sorriso, a sua voz, tudo! Você me deixa sem chão, e as vezes acho que você seja homem de mais pra mim, maduro de mais pra mim, maravilhoso demais pra mim. Ninguém ao menos me já tocou, como você me toca. Nunca me senti tão bem com caricias tão simples e tão delicadas, nunca senti tanta felicidade de uma vez só.
Nos últimos dias, eu tenho percebido a falta que você me faz. Não consigo mais ficar longe de você. A toda hora, quero você comigo, penso em você o tempo inteiro, meu coração aperta quando não consigo de ter por perto, e isso só me faz ter mais certeza de que você é o homem da minha vida.
Eu nunca fiz planos, como os de encontrar um cara bacana, ter filhos, morar numa casa bonita, ter um cachorro e um passarinho, um emprego estável, e viver feliz pra sempre; mas você, conseguiu me abrir as portas pra outro olhar, um olhar que eu nunca tive, sobre o quão maravilhoso pode ser a minha vida. Você me apresentou a uma felicidade que eu não conhecia, a melhor sensação do mundo, que é de ter ao seu lado quem mais se ama no mundo. Você me fez querer ser feliz pra sempre! Mas não apenas feliz para sempre, feliz para sempre COM VOCÊ! Porque hoje eu vejo que sem você não sou mais eu, eu preciso de você mais que tudo, ninguém nunca me fez tão bem quando você me faz, eu te amo mais do que qualquer coisa no mundo!
Homem nenhum no mundo substituiria você, em hipótese alguma! Porque eu vivo pra você, e só pra você, e quero me casar, e viajar muito, e comprar uma casa linda, ter filhos maravilhosos, ter uns dez cachorros se for o caso, comprar um papagaio que repita “eu te amo” quando eu te disser, quero um emprego maravilhoso que nos possibilite uma vida incrível, quero viver muito mais do que feliz pra sempre com você! As nossas almas estão entrelaçadas hoje, e eu sei que vou te amar além dessa vida, e numa outra encarnação, quando você me olhar desse jeito que me olha, mesmo eu e você sendo outras pessoas, vou descobrir nesse instante o quanto eu te amo, e mais uma vez seremos felizes para sempre!
Obrigada pelos seis meses mais felizes da minha vida. Eu nunca fui tão agradecida a Deus por algo, quanto eu sou por ter você. Nada no mundo me faz mais feliz do que te ter ao meu lado, e não há nada que ninguém possa fazer pra mudar essa situação, porque eu te amo mais do que tudo nessa vida! E só você me entende, e sabe exatamente aquilo que eu preciso. Nós fomos feitos um pro outro, acredite. E hoje eu sei, que o meu maior sonho, é poder te amar pro resto da vida! Obrigada por me fazer tão feliz meu amor! Serei eternamente grata pelo bem que você me faz, pela felicidade que você me traz e pelo nosso amor...

Eu te amo pra todo o sempre, a cada dia mais, pra essa vida e pras próximas, no céu ou na terra, EU TE AMO!
Parabéns pra nós meu anjo da guarda! TE AMO MAIS DO QUE TUDO!
Fica comigo, pra sempre! (L)

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009



Hoje, é o dia da minha pequena mais querida! Neném das bochechas grandes faz aniversário, então venho por meio destas palavras desejar-lhe com todo o meu amor um maravilhoso aniversário!
Minha caçula, parabéns! Tudo de bom dessa vida, muita paz, muita luz, muita saúde, amor e felicidade! Muita força, que você cresça cada vez mais radiante e que esse ano lhe traga maravilhosos frutos de sabedoria. Apesar de todos os pesares, você é uma das pessoas que mais amo e quero bem nessa vida, e não se esqueça jamais que poderá contar com a sua irmã aqui, todos os dias da sua vida! Que você evolua sempre, e mantenha os pés no chão porque logo você descobrirá que a vida não é fácil, mas mantenha sempre o sorriso no rosto, e lembre-se de todos nós que olharemos sempre por você!
Seja muito muito muito feliz, cuidado com o mundo lá fora, cuidado com quem você anda e com o que você faz sempre, porque nem todo mundo quer seu bem e nós sabemos disso, mas aproveite muito a vida nas coisas pequenas! Dê muito valor ao que você tem, a sua família principalmente, porque você sabe que no fim das contas, é conosco que você pode contar sempre, e não tem ninguém no mundo que te queira melhor do que nós. Por isso, escute-nos sempre, se falamos, é porque te amamos muito e você sabe disso! Obrigada por me ouvir quando eu preciso, e agradeço porque eu sei que em qualquer situação você estará ao meu lado, e vice-versa. Aproveite muito esse dia, e que esse ano possa dar início a uma nova fase de renovações positivas, e que eu veja esse sorriso escancarado e essa gargalhada gostosa pro resto dos meus dias...
Te amo muito nenemzão, feliz aniversário!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

02/12/2009

Essa noite, me deitei com algumas reflexões. Tanta gente com tão pouco, e eu abundado prazeres e oportunidades, não me vejo no direito de clamar, ou REclamar a nada. Mas quando procuro dentro de mim algumas verdades, vejo certos pontos de interrogações. Vejo essa sociedade fria e com pressa, tomar conta da minha casa, e do meu interior. Vejo coisas faltando, que eu acreditava que não faltassem, ou que na verdade faltassem, mas não fizessem importância. Então por alguns segundos da minha oração, parei pra pensar sobre o que me falta.
Na verdade sinto falta, mas muita falta, da minha família. Acho que esse é o item mais importante dessa lista. Vejo todos em casa estressados por uma porção de problemas que a vida expõe la fora, com quais ainda estão aprendendo a lidar. Vejo cada um num canto, sempre! A união desceu pelo ralo meu irmão, e isso dói. Sinto falta das nossas risadas, das viagens, dos almoços em família (quando não eram motivos de discussão). Saudade do meu vô, muita saudade! Saudade daquela vida tudo junto, que agora são partes separadas que pouco tomam parte do meu tempo... Ingrata rotina!
Dei por falta essa noite, de uma religião. Não de Deus, porque ele caminha comigo, mas sim, de acreditar em uma coisa só, específica e motivadora pra ter como base. Senti falta da rua! Que mal vejo, mal me serve de caminho, o mundo anda perigoso demais pra confiar nas calçadas... Saudade de um tempo, onde os amigos eram como a família! Tudo junto, bagunçado, com um copo de cerveja e uma dose de risada. Hoje vejo cada um num canto, tomando um rumo, virando gente grande... Boa sorte a todos nós, aos poucos nos tornando escravos do mundo maduro, perdendo nossa essência da juventude, ganhando maturidade, não sei por quê. E ao mesmo tempo, sinto saudade das cabeças decididas parcialmente maduras, que sabiam o certo e o errado, e os limites de cada um. Parece que hoje, tudo ta certo pra todo mundo como uma dose de pinga. Mas o mundo não mudou como a cabeça de algumas pessoas. Sinto saudade de ler um livro, escutar músicas da minha infância, que me lembram risadas, amigos, momentos. Sinto saudade das nossas festas, mesmo as em "família", pra comer um churrasco, tomar uma cerveja e cantar no karaokê, e até mesmo juntar todo mundo, pra torcer contra ou a favor do time do coração, mesmo que seja pra ouvir aquele jogo de futebol pelo rádio, onde a gente só entende o GOL e mais nada. Sinto falta de quando a internet não tinha importância, e o fazer nada era reunir amigos pra tomar um dolly e andar pelo bairro só pra não ficar parado. Sinto falta de tocar o foda-se, fazer das notas vermelhas uma fogueira e tomar banho de chuva. Mas sinto muita falta mesmo, é do conjunto. Esse é o mais importante. E hoje me dedico quase que inteiramente pra fazer desses blocos individualistas um todo! Que a essência do homem abra os olhos da sociedade, que ainda reste um pouquinho daquele sentimento que todo ser humano leva em si de que a união faz os sorrisos, e que o amor pela vida prevaleça!

sábado, 21 de novembro de 2009

sexta-feira, 20 de novembro de 2009




É quase impossível acreditar, que cada dia me entendo menos. Eita revolta que me provoca isso rs. Ninguém melhor pra nos entender do que nós mesmos, portanto, quando chegamos num ponto onde nem nós entendemos mais nossa cabeça, é hora de parar. Parar pra olhar no espelho, conversar com sigo mesmo, e tentar entender angústias que mesmo sem motivo, aparecem... Ao mesmo tempo que sinto saudade de certos amigos, certas coisas, um certo tempo, é apenas saudade. E eu não trocaria por passado algum, o dia que tenho hoje! Na verdade, essa saudade é só um pedaço de lembrança que fica pendurado no tornozelo da mulher que eu sou hoje. E por mais que eu queira muitas vezes chacoalhar meus pés pra me livrar de alguns pesos, eu sei que meu passado me fez ser o que eu sou hoje, então que fique comigo pra me mostrar onde eu errei, acertei e ainda posso acertar. É só o passado... Nada mais, nada menos.
Mas o que mais me incomoda e me angustia, é ver que nem sempre conhecemos as pessoas tão bem quanto acreditamos, e que às vezes, tanto os outros, quanto nós, nos achamos sábios demais perante a vida. Mas na verdade, querendo ou não, protestando ou se omitindo, não é assim. Pobres seres humanos hipócritas. Ingênuos ao ponto de cometer um ato com tal malícia impensada, que deixa explícito uma perfeita e claríssima definição do homem de hoje: Uma ingenuidade e inexperiência pensante, que acredita ser esperto.
Nós homens, seres humanos, nos deixamos levar pela sensação satisfatória de que somos mais espertos e ágeis que nosso próximo. Mero engano. Misero, mas cruel, porque a vida vai ensinar a todos nós, como é que se samba por aqui. Então que a vida ensine a todos os desprovidos de sabedoria, da melhor ou da pior forma possível, que viver não é tão fácil assim. E que o que você tem hoje, amanhã pode não ser mais seu, assim como quem você conta hoje, amanhã pode não mais estar ao seu lado. E adivinhe por quê?! As coisas passam... O nome disso, é Vida.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

IRMANDADE É IRMANDADE


Hoje, minha amiga querida Andressa, encontrou algo que eu mal me lembrava, mas que nunca morreu...
Em homanagem aos velhos tempos loira... Eu te amo!







From: kikinha_lopesdamy@hotmail.com
To: dressa_happy@hotmail.com
Subject: Não sou muito boa com as palavras, mais te amo :\
Date: Tue, 25 Mar 2008 20:48:37 -0300

Sabe loira..
A nossa amizade é repleta de coisas bonitas. Coisas lindas, eu diria. Eu poderia estar falando dos nossos segredos, da nossa irmandade, da nossa cumplicidade, do nosso carinho. Mas o mais bonito na nossa amizade, no meu ponto de vista, é a nossa sinceridade e o nosso prazer em compartilhar as coisas ruins. Pode parecer a maior idiotice do mundo, posso estar parecendo uma loca reumática, mas é verdade. Nós fazemos questão de contar, contar denovo e repetir quantas vezes necessárias até que todos saibam, dos nossos rolas, das besteiras que falamos, dos sonhos ridículos que temos, das idiotices novas que aprendemos, das piadinhas mais insuportávelmente chatas do mundo. Nós sempre compartilhamos as músicas mais toscas, os PIs mais absurdos, os pratos de comida mais nojentos, as babas cuspidas a todo o momento, as melhores risadas umas das outras. É adimirável, a nossa facilidade de chegar-mos uma na outra, e dizermos: ''Não, eu nao gostei! '', ''Não, eu acho melhor assim! '', '' Não, nao ficou bom! '', '' Não, não faça isso! '', '' Não, está errado sua burra! ''.
Esse NÃO é que mostra o quanto uma confia na outra, o quanto uma se preocupa com a outra, o quanto uma ama a outra, a ponto de descordar do que a amiga acha maravilhoso. Isso mostra, o que é uma amizade de verdade! É saber compartilhar desde as pióres às melhores coisas do mundo!
O bonito na nossa amizade, é simplismente o carinho que é demonstrado a todo o instante em suas divérsas formas, sendo em tapas ou em declarações escandalosas! O maravilhoso na nossa amizade, é o saber diferênciar as brincadeiras do papo sério, é simplismente o fato de uma amar-mos uma a outra por uma coisa diferente, ter uma única coisa em comúm, mas, que basta pra que nos torne-mos melhores amigas, as milhares de coisas diferentes entre nós, que nos fazem aprendermos uma com a outra dia após dia. É lindo, o jeito como agente é amiga, mesmo quando a última coisa que se precisa é de um amigo. É divino, o nosso prazer de estar uma com a outra e nos ajudar-mos, que seja com um abraço, ou um chute, um tapa, um sorriso, uma arrogância simplismente ''sincera''! É engraçada a nossa vontade de ser amiga, mesmo quando uma nao quer nem olha para a cara da outra. A nossa insistência em querer conversar e falar mais e mais, mesmo quando aquela amiga nao quer ouvir nem de longe nossa vós!
A nossa amizade é única, pois pra mim, amizades como a nossa, são verdadeiras amizades! Desde quando, amigo é aquele que você compartilha os melhores momentos? Você pode compartilhar os melhores momentos, com seu cachorro (sua gata :P), com seu travesseiro, com um prato de comida! Mas é impossível você sentir-se melhor, contando para seu edredon que brigou com sua melhor amiga!
Nunca se esqueça disso Andressa, a nossa amizade é uma dádiva, porque nós sim, sabemos ser VERDADEIRAS AMIGAS!

Eu te amo, minha loira ÓQUIÇÍGÊNADÁÁÁ ♥.♥
pra mim, você é tão única quanto aquela latinha de cerveja no fundo da geladeira naquele sabadão de sol *-*
Minha irmã (L)

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

12/11/09


Quando deitei na cama, ontem à noite, eu agradeci. Eu rezei, e agradei demais pelo que tenho comigo, principalmente por você! Agradei pelas oportunidades que a vida me deu de ser feliz com o melhor homem do mundo, agradeci por tudo que conseguimos conquistar até hoje juntos, por todo esse amor que temos um pelo outro, por essa lealdade, confiança e fidelidade que construímos. Agradeci muito, por dias tão bons quanto os que você tem me proporcionando desde o dia em que nos conhecemos, e que você me fez sentir a melhor mulher do mundo. Pedi pra que fossemos felizes pra sempre! Mas não só que fossemos felizes, mas que nos amassemos, a cada dia mais, por toda nossa vida. Pedi pra que você ficasse do meu lado pra sempre, porque eu de verdade não sei mais o que seria de mim sem você. Só de pensar na possibilidade, meu coração dói, meus olhos encharcam, meu peito aperta. Hoje, depois de nossos inteiros cinco meses juntos, eu cheguei à conclusão de que de verdade, eu não viveria sem você. Não sei, não consigo imaginar, o que seria da minha vida. Meu coração nunca bateu tão forte por ninguém quanto bate por você, e eu sei que nunca na vida amei nem vou amar alguém tanto quanto eu te amo. Se eu pudesse, parava o tempo em cada olhar e em cada beijo teu. Eu definitivamente não sei viver sem você!
Ao mesmo tempo que temo o futuro, porque nossas vidas podem um dia virar de ponta cabeça, eu acredito muito em nós! Melhor do que conhecer um amor de verdade quando se vê, é conhecer um amor de verdade quando se sente, e eu sinto em todas as minhas partículas do corpo um amor que transborda, e tem de sobra pra vida toda... Hoje, em especial, queria sair com você por ai, sentar na grama pra ver o pôr-do-sol e te dar um presente incrível, mas a ocasião nunca favorece minhas vontades em relação a isso, então te dou com todo o carinho do mundo, minhas palavras e minhas juras de amor eterno.
Às vezes, acredito que você mereça muito mais do que eu posso te dar! Na verdade, não só acredito como tenho certeza. Mas enquanto for possível viver de amor, eu estarei ao seu lado, sempre. Você me dá lições de vida inconscientemente todos os dias. Você é um exemplo, uma inspiração. Sempre foi o melhor possível pra mim, e eu te agradeço imensamente por isso! Você sempre confiou e acreditou em mim, e eu agradeço mais ainda por isso, porque você me faz sentir como nunca, ninguém, foi capaz. Você me faz não só acreditar em você, e em nós, mas acreditar principalmente em mim! Sinceramente, não sei se mereço você. Não sei se um dia vou conseguir te dar tudo o que você merece, tudo o que você me dá, mas eu não me importo com isso. Merecendo ou não você e o seu amor, eu não abro mão de você por nada! Eu te amo mais do que tudo nessa vida George, e eu te digo isso é do fundo do meu coração. Obrigada pelos cinco meses mais felizes da minha vida, eu falo mais sério do que nunca, agora. Nunca me senti tão feliz quanto me sinto hoje, do seu lado. E mesmo que o nosso namoro acabasse amanhã, eu serei eternamente grata pelo que você faz por mim todos os dias. Tudo que eu nunca esperei que alguém fosse capaz de fazer por mim. Obrigada por todos os dias me fazer sentir a mulher mais feliz e sortuda do mundo. Obrigada por estar do meu lado, de verdade! Eu preciso de você mais do que qualquer coisa, e quero você do meu lado pro resto da minha vida. E acredite, vou lutar com todas as armas possíveis pra ter você comigo, e vou dar tudo de mim por você sem pensar duas vezes. Eu sei que às vezes, poderia ser muito melhor do que sou, e fazer muitas coisas que não faço. Mas eu juro que todos os dias da minha vida são uma luta contra minhas barreiras individuais pra dar o melhor de mim a você, e obrigada por sempre entender todos os meus motivos, e estar do meu lado antes de todas as coisas, me dizendo exatamente aquilo que eu preciso ouvir, e que só você sabe dizer. Eu te agradeço, por fim, simplesmente pela oportunidade que você me deu, de te amar. Obrigada por me dar a chance de te mostrar o quanto eu posso amar você. OBRIGADA POR SER O MELHOR HOMEM DO MUNDO!

Eu te amo meu amor, te amo demais, pra todo o sempre, não se esqueça disso nunca.
Você é a coisa mais importante pra mim, hoje.
Esteja comigo, sempre, e que muitos meses tão felizes quanto esses venham repletos de amor... Claro, e que o nosso amor, NUNCA se acabe.
Te quero mais que tudo, e preciso demais de você...
EU TE AMOOOOO!
http://letras.terra.com.br/shania-twain/63064/traducao.html

terça-feira, 10 de novembro de 2009

(L)

Hoje, decidi escrever nossa história um pouco diferente. Meus planos até ontem, eram continuar a partir da noite onde tudo aconteceu e cada lembrança toma minha cabeça detalhadamente, mas, quando me deitei pra dormir e recebi suas mensagens meu coração latejou de amor e paixão, e vontade de ter você comigo. Aliás, me faz tão bem saber que você sente tudo aquilo amor, tão bem saber que todo esse sentimento inacabável é mutuo entre nós, que tudo aquilo que eu sonho, você sonha comigo... Nunca botei tanta fé em nada, como boto em nós! Nunca! Nem de perto, nem de longe. E foram-se os tempos em que pra mim o amor não era nada... Na verdade, era... O pior sentimento do mundo! Sem hipérboles ou redundâncias. O amor pra mim, durante anos se definia neste conceito... Algo inútil, amargo, sem graça, podre, falso, a fonte das minhas maiores dores durante a vida. Mas esse pedaço da minha mente se esvaeceu aos poucos quando descobri que o amor não era só aquilo, porque de fato, tudo tem lados bons e ruins, mas descobri que tudo aquilo que eu acreditava ser amor, na verdade era o DESAMOR, o que a falta de amor causava numa pessoa, o pior fruto que algo poderia gerar em alguém. Mas hoje eu descobri todo o lado bom do amor que eu não conhecia. Descobri o gosto doce e o tempero forte que pode ter um amor junto a uma paixão... Descobri o melhor sentimento do mundo! E como dizia um velho gênio: "Eu cheguei à conclusão, de que se existe amor, não existe sofrimento...". E hoje eu vivo isso na prática, graças ao melhor homem do mundo!
E é por isso que hoje, ao invés de continuar nossa história de onde parei, vou fazer uma linha do tempo com as nossas mensagens trocadas desde o dia em que nos conhecemos. Eu me lembro de tudo e de todas, cada detalhe... Talvez isso seja expor demais a nossa vida pro mundo então tento me conter, mas se for de fato uma grande exposição, que mostremos ao mundo o tamanho do nosso amor! Te amo George...



18-Mai-09 - 01:21
"Hj era melhor ter almoçado com vc! Pq se machucasse a boca seria te beijando, mas ai valeria a pena se machucar varias vezes! Uma boa noite. Bjs"

Sua primeira mensagem pra mim. Era domingo, o seguinte após nosso maravilhoso sábado. Nós iamos almoçar no Thiago aquele dia, mas você teve que sair pra filmar e e por isso nao nos vimos. Você caiu de boca no meio das filmagens, eu morri de dó de você... rsrs! Mas nunca tive coragem de apagar essa mensagem, ela é o começo de uma história por mil e um motivos que não vem ao caso agora, mas que logo se transformam numa lista...

23-Mai-09 - 05:21
"Eu quero muito te beijar! Não consigo parar de pensar em você! Acho que vc esta sendo uma pessoa especial na minha vida. Adoro mto vc "

Essa, foi depois que saímos pela segunda vez. Aquele dia foi tumúltuado de uma forma que me irritou profundamente, mal ficamos juntos aquela noite, mas lembro de cada minuto que fiquei do seu lado naquela praça. Você "brigava" comigo, porque eu não falava, só ouvia você falar, eu lembro disso até hoje... rs Dia maravilhoso aquele!

30-Mai-09 - 23:32
"Queria vc aqui. To com frio. Não consigo parar de pensar em você... Beijos"

Essa foi uma das que mais mexeu comigo, dias passados depois desse dia 30 e eu ainda lia sempre antes de dormir...

05-Jun-09 - 11:44
"Bom dia meu amor! Espero que tenha um dia maravilhoso como o meu... Ontem vi uma estrela cadente e fiz um desejo! Que apesar das diferenças nunca deixe acabar nossa felicidade! Que de um eu te adoro, vire um eu te amo.... Beijos"

Eu tava me arrumando pra ir pra escola, e quando vi essa mensagem parei tudo pra ler e reler diversas vezes aquele pequeno texto que começou a deixar claro o quanto você era especial pra mim...

14-Jun-09 - 23:18
"Não falo mais nd... Tb te amo... E ve se nao demora! Ta comendo uma vaca?"

Nunca ri tanto quanto ri nessa mensagem, a gente já namorava nesse tempo, e você tava me apressando pra te ligar logo. Eu enrolava o máximo que podia, sou tímida no telefone, muito tímida, e até hoje você não acredita nisso né? ;( rsrsrs

17-Jun-09 - 05-37
"Ta suave... Td bem meu amor. Eu ia te ligar mas já que vai dormir... Amanha a gente se fala. Beijos e boa noite! Te amo mto, vc é a mulher dos meus sonhos"

Olha eu fugindo de você de novo! kkk Desculpa amor :( Mas eu aprendi rápido até a ser cara de pau! rsrs TE AMO

19-Jun-09 - 00:09
"Me desculpa não ter te dado toda a atenção que vc merece. Qnd estou com vc me sinto o homem mais feliz do mundo! Agradeço a Deus por vc ter aparecido na minha vida e me trazer tanta felicidade. Tenha uma boa noite e durma com os anjos. Te amo"

Essa foi do dia do Villa lobos, estava um frio, um vento congelante, você tava doente e eu te arrastei... Perdão meu anjo :/ rs Mas aquele dia foi muito bom! E, estavamos descutindo domingo, você tinha razão, nós já namoravamos aquele dia. E foi tudo tão bom...

02-Jul-09 00:50
"Estava com sorte! Mas quase perde hein, o seu time ganou pq vc é linda! Destraio todo mundo"

kkkkkk Besta! Era final do brasileirão, eu estava na casa dos meus primos assistindo meu grande corinthians e vc na sua casa me zicando e me atormentando o jogo inteiro! kkkkkk Mas você é o mais lindo e é só meu! TE AMO TE AMO TE AMO

05-Jul-09 - 00:49
"Como vou deixar vc? Se eu te amo... São outras coisas que preciso decidir. Desculpa por ter te preocupado. Te amo muito"

Aquela noite, comemos na pizzaria mais zuada do mundo, que nos fez esperar mais de uma hora, e depois, fomos pro cisso onde vc ficou me assustando e tirando com a minha cara, falando que precisava tomar umas decisões, todo sério... Não teve a menor graça :( rsrs

12-Jul-09 - 11:38
"1 mês, 1 ano, 1 década, 1 século... Que passe todo tempo do mundo, eu sempre vou te amar! Espero que tenha gostado do presente. Beijos"

Nosso primeiro aniversário de namoro! Acordei com o meu pai me zuando, e uma cesta maravilhosa de café da manhã com flores. Tenho o seu cartão guardado até hoje, e nunca vou esquecer daquele dia.

21-Jul-09 - 10:14
"Bom dia amor! As vezes fico meio desmotivado, mas quando penso em vc parece que tudo fica mais claro. Ontem estava assim por conta de alguns problemas que vão se acumulando. So quero que saiba que amo mto voce, minha Miss Universo. Nao tenho motivo pra ficar triste, pelo contrario, tenho que ficar feliz pq tenho vc em minha vida, uma das 7 maravilhas do mundo. Te aaaaaaaaaaaaaamoooooooooooooo"

O dia em que você quase me matou do coração, de verdade. Mas deixo essas lembranças guardadas bem longe de mim... Lembranças que só cabem à nós.

24-Jul-09 - 10:59
"Todos esses dias fiquei pensando... Tudo isso é verdade ou estou vivendo um sonho? Qnd acordei hoje, vi que era um sonho! Mas o meu sonho q tinha se tornado realidade. Agradeço por vc fazer parte da minha vida e dos meus sonhos. Milhões de beijos na boca que me fala coisas lindas e que tem um sorriso que me ilumina!"

Precisa falar alguma coisa?

25-Jul-09 - 01:07
"Só queria ter passado um tempo com você hoje. Fico feliz quando fico com vc, quando falo com vc. E hoje, eu precisava de você. Mas não queria atrapalhar seu o programa. Te amo e me preocupo com você."

O dia da festa... Desculpa mais uma vez por aquela mancada amor, sério... Mas os erros servem pra nos ensinar, e nunca mais cometerei falhas como aquela. Te amo!

02-Ago-09 - 00:49
"Vc me seduz tanto que nem precisa me seduzir que eu já fico seduzido! Digo o msm pra vc e pode ficar tranquila que vc é a única que consegue me seduzir! TE AMO MUUUUUUUITO!

kkkkk LINDOOOOO!

Depois dessas, ainda tenho muitas muitas outras que talvez um dia alguém além de nós tome conhecimento... Muitas outras que prefiro guardar na nossa cabeça e no nosso coração, que sejam eternas lembras nossas, SÓ NOSSAS. Porque eu te amo hoje, e sempre!

28-Jul-09 - 21:57
"Minha paz... So queria ter isso agora e estar em algum lugar lindo como seu sorriso"


E U T E A M O!

terça-feira, 3 de novembro de 2009

UMA HISTÓRIA DE AMOR - PARTE II (rs)

Eu sabia que contar a nossa história amor, não seria boa coisa. Passei o dia lendo o que eu escrevi com pressa e sem poesia pela manhã, a verdade nua e crua que me fez reviver o tempo todo aquele dia. E me deu uma vontade louca de relembrar cada mínimo detalhe do nosso grãozinho de amor que foi brotando sem que percebêssemos, então eu continuo fazendo das palavras uma águia que voa alto sobre as minhas lembranças, e sorrio e choro sozinha revivendo tudo o que já aconteceu...
Depois daquele domingo, ao mesmo tempo que queríamos inconscientemente um ao outro, cada um foi viver a sua vida... Os dias passavam, poucas vezes nos falávamos por esse tolo meio de comunicação chamado internet, e não tive a sorte de te encontrar na rua por acaso. Nesse meio tempo, vivi uma rápida desilusão amorosa que só me deu mais vontade de jogar tudo pro alto e viver a vida. Foi quando do nada, minha amiga Joséfa revoltada com todo o ocorrido, responde por mim ao seu namorado e nosso amigo Cacique, que eu topava de boa sair com você, mesmo antes de ter me dito qualquer coisa... Ao mesmo tempo que tive vontade de matá-la, não dava pra negar, ela me conhece, sabia bem o que eu queria naquela hora e desmentiria qualquer pretexto que eu pudesse inventar, então optei por não negar os fatos, e sim encará-los. Não fazia idéia do que o nosso caro thiago havia dito a você sobre isso, e não queria que parecesse fácil demais, então decidi fazer do meu jeito...
Alguns dias passados, e eu lembro que aquela noite de sábado era fria a ponto de congelar as pontas dos dedos. Eu lembro da sua roupa, lembro da minha, da sua voz e seu assunto tentando nos aproximar naquela praça, onde nós, acompanhados do Cacique e sua garota Joséfina, decidíamos um lugar pra ir. Acabou que não decidimos nada, mas fomos pro shopping do centro, onde o thiago descaradamente fingia que ia comprar uma roupa pro seu avô, presente de aniversário. E esses dois, que não sossegavam enquanto não inventavam um jeito para nos deixar sozinhos rs... Mas eu não tinha pressa! Sabia que as coisas ali aconteceriam na hora certa...
Sentamos os dois naquela praça de alimentação, de frente pro cinema. E por acaso, cinema que rendeu assunto pra muito tempo. Falávamos de filmes, vários, era a falta de assunto mais agradável que eu já tinha vivenciado, e naquela hora eu descobri que você não sabia contar a história de um filme sem contar o final... rs Você debruçava na mesa por causa do frio, e eu cruzava os braços escondendo meus dedos congelados, e a gente sorria sem nenhuma aproximação calorosa, apenas nos conhecendo...
Decidimos ir ao cinema, e quando o casal de cupidos voltou ao nosso encontro, fomos a outro shopping ver se ainda conseguíamos pegar alguma sessão. De novo, o thiago a julia tentando nos deixar sozinhos inventam uma história para irmos comprar cervejas enquanto compravam os ingressos, caso o filme demorasse para começar. Eu sabia que eles não poderiam comprar os ingressos por nós, mas contornaram isso com tanta evidência que decidi deixar passar batido, e fomos juntos ao super mercado enquanto os dois procuravam o que fazer. Algumas voltas no setor de bebidas e junto a elas alguns gestos que sugeriam carinho, que sugeriam abraços, porém, intimidados pela situação, que se bastaram como sugestões e assim permaneceram.
Cerveja vai, cerveja vem, escolhemos algumas e fomos ao caixa. Esperando aquela moça passar nossas compras, você inventou a desculpa mais linda do mundo pra nos aproximar e isso mexeu de verdade comigo: "Nossa, que frioooooo! Vem cá, me da um abraço..." Te dei um abraço com muito mais sentimento do que parecia naquela hora, você virou, me deu alguns selinhos e a caixa nos interrompeu. Eu fiquei muito mais sem graça do que você podia imaginar, mas disfarcei o máximo que pude! rs
Agora mais próximos, depois de eliminar aquelas latas fomos ao cinema e ali começou tudo. Você me tratou como uma rainha, com todo o respeito e carinho do mundo possível naquele momento, e me dizia coisas que me deixavam completamente sem palavras... Tão sem palavras, que quando perguntou se sairíamos de novo e eu respondi que não dependeria só de um de nós, você perguntou "mas da sua parte...?" imediatamente respondi "da minha parte sim!" com uma certeza que na hora me surpreendeu... De verdade, eu não esperava aquela resposta. Ela veio do meu inconsciente, mais conhecido como "coração". Talvez na minha mente, você fosse só mais um cara que me faria esquecer outro, e que me ajudaria a por um ponto final em uma fase, em uma história. Talvez você fosse apenas uma virgula, ou um parágrafo, apenas um incentivo pra começar de novo. Talvez um beijo, e depois nunca mais, talvez apenas uma luz na minha cabeça pra clarear as idéias... Era isso que eu esperava daquela noite. Só tinha um porém: eu não te conhecia... Não fazia a menor idéia do quanto era maravilhoso e do quanto poderia fazer bem pra mim! Eu lembro de fazer carinho instintivamente em você... E de você me olhando nos olhos e me dizendo que eu era muito linda, passando a mão pelo meu rosto. E aquilo me tocava de uma forma que eu não entendia, mas que hoje eu sei que se explica apenas pelo fato de quem estava ao meu lado... O que me tocava não era só o que eu ouvia, mas sim de quem eu ouvia! Quem me olhava nos olhos e me dizia o que diversas vezes bastaria ouvir para acabar com um problema. Agente mal se conhecia, mas a impressão que ficou daquele dia, é que nos conhecíamos a séculos, e que você sabia exatamente o que dizer pra conseguir me abalar de verdade...
Aquele dia eu fui embora, com um terrível aperto no coração por ter visto a noite acabar num piscar de olhos... A única coisa que eu queria naquele momento, é que aquela noite durasse pra sempre. Nada mais... E aquela noite eu fui pra casa, utópica, iniludível, nostálgica... Magicamente encantada. E até hoje, sinto no meu peito o mesmo suspiro que dei aquela noite, quando deitei no travesseiro, e ainda não me dava conta do homem que tinha acabado de cruzar meu caminho... Era o homem da minha vida, e eu estava prestes a descobrir isso...


TE AMO MEU AMOR!

E a nossa história, começa assim...

Que feriado delicioso. Dar todo carinho do mundo ao meu amor, me fortalece. Nessa noite de finados, quando me deitei para ir de encontro ao sono, as lembranças me pegaram em cheio deixando um rastro de insônia. Lembranças adormecidas, quase que mortas, dentro de mim... Revivi em minha mente coisas que eu nem lembrava que havia passado, e ri! Ri muito porque hoje eu sei pra que servia tanta desgraça! Quebrar a cara muitas e muitas vezes me serviria de algum fruto, eu tinha certeza... Hoje eu sei! Sei que as dores ensinam, que os problemas se superam e a vida recompensa, e sou muito grata pela vida que tenho hoje! Já me perguntei algumas vezes, o que eu posso estar perdendo lá fora, do que eu estou abrindo mão olhando o mundo da minha janela, enquanto o seu abraço me traz paz entre os edredons aquecidos pelo nosso corpo. Mas foi aí que me dei conta que te amo mais do que qualquer coisa. Eu me dei conta de que desde a nossa primeira troca de olhares, eu vivo pra você! Vivo pra te amar e te fazer feliz com toda a minha alma e o meu coração... Aliás, que troca de olhares hein? Lembro de cada mínimo detalhe daquele dia, e isso não é brincadeira!
Domingo ensolarado de maio, virada cultural e eu chegando pra assistir Nação Zumbi. Encontro o meu amigo Tadeu, e depois, seus dois amigos. Comprimento e sento, desapontada por não ver ninguém despertando meu interesse naquele verde sombreado por uma árvore. Até que ele chega, cansado, doente, simpático e lindo! Cumprimenta, e senta do nosso lado. A ju, querendo ser malandra, se basta um "EAE" e uma cara de má, e eu só consegui dar um sorriso e dizer "Oi", mas na verdade, sorriso nenhum foi capaz de demonstrar a felicidade daquele momento. A gente andou, se separou, nos encontramos de novo mas cada um no seu canto, quietos. Fomos para aquela praça, ou show ia começar então nos enfiamos entre os outros e encontramos um lugar pra ficar. Nação Zumbi fazendo aquele show firmeza de sempre, mas isso era o que menos me importava naquela hora... Eu queria te olhar, mas não conseguia, você estava atrás de mim e eu não seria cara de pau à ponto de me entregar tão depressa, de entregar o jogo logo de cara, não faria isso, pelo menos não naquele momento... O show acabou, e decidimos vir embora... Andamos novamente quietos e cada um de um lado, até que em plena cracolândia você abre a boca e solta um assunto. Grudei em você naquela hora, e acho que nem percebeu, nem me lembro bem do que você falava, só sei que devo ter respondido muita bosta porque eu apenas falei por falar, coisa que eu não faço nunca. A Julia puxava assunto com você e vocês trocando a maior idéia só me dava mais vontade de te olhar e de falar, e de sair dalí com alguma coisa a mais... Enfim na estação, eu sentei de um lado, você do outro, e a ju fez questão de sentar do seu lado mesmo com lugar do lado onde todo mundo sentou, acho que por isso fui tão indiscreta ao te olhar descaradamente, mas eu sou assim, sempre fui, sei bem o que eu quero e não desisto enquanto não consigo, e isso não é brincadeira... Mas sei que te olhei muito, te olhei até você perceber o quanto eu te olhava e corresponder meus olhares intrigado com o porquê daquilo. Na verdade, a resposta dessa questão eu também não sabia naquela hora, só sei que queria te olhar, e queria que você me olhasse, me visse, me notasse nem que fosse um pouco. Chegamos na estação, descemos, e agora era eu quem não saia do seu lado. Ali, de frente pra estação nos despedindo, eu podia ter virado para o lado e parado no primeiro ponto do largo que estava a poucos metros de mim, pegado meu ônibus e ido embora. Mas virei para o outro lado, optei por caminhar com você até o ponto onde passavam ambos os nossos busões. E fomos os três, andando e agora não mais falando como antes, mas eu continuei do seu lado, você atravessou a rua por causa da sombra, e eu sem nem saber o porquê atravessei com você e ali permaneci rs. Chegamos ao ponto, você perguntou se éramos irmãs e nós rimos. Você disse que a Julia parecia mais velha e que eu mais nova, tinha cara de criança, algo desse tipo, que na hora eu diminui de uma forma que me senti um nada, mas sorri. Finalmente, nós já íamos embora e você resolveu perguntar quem era a namorada do thiago, e supreso com a resposta, você me disse que pensava que era eu, e nosso ônibus passou deixando no ar uma "reticências"... Nos despedimos, eu subi naquele ônibus te olhando como no trem, e fui embora...
Logo que cheguei em casa, fiquei na espera do mano Tadeu aparecer na internet e sinicamente pedi o seu orkut, e o dos outros meninos que estavam lá como pretesto, o único que realmente me interessava era você! Te adicionei, você me aceitou, os dias passaram e uma hora ou outra você vinha na minha cabeça, mesmo sem uma confirmação de interesse da sua parte, eu sabia, eu sentia que aquilo ali não tinha sido por acaso, e que na verdade, era só um começo...


Eu te amo pra sempre amor! E vou escrever aos poucos a nossa história, porque enquanto não posso estar com você, mato a saudade com as nossas lembranças... TE QUERO (L)

terça-feira, 13 de outubro de 2009

12/10/2009


E vem mais um mês pra nossa coleção. Nossa coleção de amor, de carinho, de sorrisos, de momentos inesquecíveis, perfeitos... Todos eles. Todos os seus olhares, me deixam cada dia mais apaixonada e do fundo do meu coração não consigo explicar como te amo tanto. Por mais que eu saiba, que tenho do meu lado o melhor homem do mundo e que por isso, nunca, ninguém, vai ser tão feliz quanto eu, eu não sei explicar de onde vem tanto amor. Um dia desses eu ainda morro de tanto te amar, de tanto perder o fôlego, te tanto querer você...
Você, George, me faz sentir como nunca me senti na vida. Tenho amor pra te dar, por uma porção de vidas inteiras... Tenho inclusive, amor por nós dois, amor de sobra, um amor que cada manhã que eu acordo, tenho certeza que cresce, e que continua crescendo a cada dia, cada vez mais intenso, e mais sincero. Você é o homem da minha vida. É o homem que eu quero do meu lado pra sempre! É o único.
Talvez, eu não seja exatamente aquilo que você merece. Talvez, nem seja mulher o suficiente pra essa perfeição de homem que você é... Mas eu te amo. E te amo mais que tudo nessa vida, e apesar de todos os pesares, de tudo que a gente ainda possa passar nessa vida, da minha parte, o amor prevalecerá pra sempre. É algo, que de mim nunca vai faltar, nem que estejamos na miséria largados pelo mundo, estarei contigo, e te amando a cada dia como se fosse o último...
Eu te quero pra sempre, e te amo como nunca amei nem vou amar ninguém, e que você não se esqueça, de que mesmo quando te decepciono, é sempre procurando te dar o melhor. Eu não sou perfeita, e sei que estou extremamente longe disso, mas prometo que sempre farei de tudo pra te dar o melhor de mim, todos os dias...
Obrigada pelo feriado maravilhoso, pelos seus braços entrelaçados em mim todas as noites, obrigada pelo seu sorriso, pelo seu cheiro, pelo seu beijo, por você inteiro! E obrigada, do fundo do meu coração, por me fazer tão feliz...
Eu te amo, mais que a minha própria vida, e farei qualquer coisa por você, sempre!
Parabéns pra nós meu amor, e que esses meses se multipliquem como nosso amor... Eterno amor... Eu te amo, pra todo e eterno sempre, com toda a minha força e o meu coração!
E obrigada de novo, por ser o melhor homem do mundo, todos os dias...
Ai, como eu te amo Minha Laranja, COMO EU TE AMO...

domingo, 4 de outubro de 2009

Incognitismo

Cheguei à conclusão de que sou uma incógnita. Sou mais que uma interrogação ambulante, sou uma incógnita precedida de um ponto de exclamação, que representa intensidade... Nada mais que isso. Sou a dúvida mais abundante em certeza que já me deparei. Sou a incógnita que permite possibilidades, e que depois das escolhas negrita sempre um ponto de intensidade! Sou uma forma de mutação constante, perambulante, impreguinante, viciante... Sou o que causa dúvida. O que dá incerteza. Mas sou o desejo. O desejo em forma de x, de y, de vontade de viver. Sou uma incógnita, porque enquanto o mundo muda, eu mudo seguindo o compasso, mas mudo prum lado contrário, inverso, avesso. Mudo muitas vezes pro lado que não quero, que não me convêm, mas eu simplesmente levo à diante o meu processo de mutação ambulante e eminente. Sou a incógnita que acho na verdade, que todos deveriam ser. É a mudança saudável que deleta a palavra mesmice. Ser uma incógnita não é apenas a busca infundada por qualquer coisa que ainda não descobrimos o que é... É brincar de experimentar a vida e descobrir-se a cada dia. Diante dos meus olhos vejo diariamente um mundo de queixas, de insatisfação, e cheguei a conclusão de que na verdade, o grande problema da nossa humanidade, é que ninguém se conhece de verdade...

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Um Brasil de pré-conceitos...

Ontem foi um dia daqueles que a vida nos impõe fatos escancarados ou subliminares repetidas vezes. Logo no começo do dia, debatemos a questão de negros e pobres, a taxa nas instituições. Injusto. Existem negros ricos, muito ricos, alguns dos homens e mulheres mais ricos do mundo, são de descendência africana. Estes têm exatamente a mesma capacidade que brancos de conquistar as coisas. A seleção para vagas numa instituição não se faz à dedo. Provas seletivas são aplicadas onde o aluno precisa simplesmente mostrar o que sabe, sendo ele negro, branco, índio, oriental. O pré-conceito forte existiu sim, mas há centenas de anos no Brasil! Enquanto nem as instituições tomarem a providência de eliminar formas de preconceito como a taxa de negros (que não deixa de ser um fator de descriminação) nas escolas, o Brasil permanecerá diretamente ligado com aquele passado sofredor de escravos e dor. Os negros não precisam de ajuda! São pessoas tão dignas quanto qualquer branco. Os pobres é quem precisam de ajuda! Sem condições de estudar, passam fome, cometem infrações pra conseguirem continuar vivos, e são chamados de criminosos e devidamente punidos por roubar uma maçã. País de gente burra, lamento em ter que dizer isso, mas é fato! Esses sim mereciam taxas nas instituições, mas vivemos num país de seres pouco evoluídos e de mente pequena. O Brasil é um país injusto...
Depois, garotos presos na FEBEN (atual fundação casa) se apresentaram numa peça de teatro, chamada "escolhas". Excelente, e muito reflexiva, garotos muito talentosos, e pra surpresa de uma infinidade de pessoa, dentre quase 15 meninos, apenas 1 era negro, onde todos são internos por cometerem delitos. Me perguntei novamente aonde os brancos são melhores que os negros? Mas ainda não via resposta.
Depois disso, se passou algo ainda mais mágico. Vi minha amiga se apaixonar perdidamente pelo presidiário que deu um relato de palavras muito bonitas, e comovedoras. Que mostrou que se arrepende, e que a Fundação Casa fez ele ver tudo diferente, que ele era uma nova pessoa e aprendeu que nem tudo estava perdido... Eles se olharam. Minha querida Nicole, simplesmente, se apaixonou... Perdidamente. E novamente vi críticas vindo de praticamente todos apenas pelo rapaz não ser um muleque comum, que encontramos na rua. Apenas pelo fato de estar preso. Eu vi nos olhos de tanta gente o preconceito, que me doeu sinceramente. O arrependimento do menino, não contou absolutamente nada. Ele pode ter matado uma pessoa, ou simplesmente roubado um saco de pão de uma padaria pra não morrer de fome, e a única coisa que eu vejo nos olhares alheios são a inconformação e o pré-conceito. Me segurei pra não derramar minhas lágrimas naquela peça. Mas vi tanta gente indiferente, tanta gente que não se deu o trabalho de prestar atenção em nada, depois que o apresentador disse "É uma peça apresentada por internos da Fundação Casa...".
Chorei. Chorei e ainda choro, por ver o país em que vivemos, com as pessoas que ainda temos, se o nosso mundo não vai pra frente, a culpa está toda em nossas mãos, que mesmo quando podemos escolher, optamos pelos caminhos errados. Eu queria dizer apenas, que apoio de coração minha grande amiga, e que se ela fará loucuras para encontrá-lo de novo, estarei ao seu lado. E quanto ao resto, eu sei que a vida lhes ensinará lições nas quais se lembrarão deste momento. E quanto a esses, me resta dizer que SÓ LAMENTO!


Um bom dia livres de preconceitos, meu Brasil!
Muita paz e igualdade...